Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Uma carta e um pedido

Não suporto os elogios.

A cada palavra eu apodreço, 
Os olhares e sorrisos escorregam
Mofam,
Silenciosos-brutos, em meu chão. 

Observo os versos recentes

Enojo-me
Tamanho chorume que nutre tudo.

Vejo que consumo um grande vazio

Perdi, perspicaz, o caminho das palavras
do sentido e da razão.

Sofro 

Por tanta vitalidade...

(Meu filho, compreendo que o berço da morte me acalanta há tempos e não ouso fingir um verso sequer.) 

Sou o meu nada
mais profundo (hoje)
dos nadas que me fui.

Sofro de mim
isso anula.

Quem desejava? 


Encomendaram alegria e amores...
Negociei a arte
a parte no contrato obscuro 
e vendi almas por preços chorosos.
Meus deuses, as suplicas são puras,
sem controles 
sem acordos leves.

Não me doem os elogios
homófonos e homógrafos.  

Preciso da solidão absoluta.
A solidão da alma no mundo
Aquela que esfria o existir dos condenados ao exímio prazer, e tortura, do sentir.


By Camila Passatuto

Nenhum comentário: