Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Êxodo

Não sei o que colocaram no meu uísque,
Todas as meninas resolveram chorar.

Tocaram, cada uma, três vezes a campainha
E eu as acolhi sem firulas; saudações.

Sentaram em dezenas no meu sofá.
O mundo lá fora desafina
Disse uma, outra, todas.

Os amores só brilham depois da meia-noite
Por ruelas em que teus olhos não podem,
Atravessando moléculas / desmitificando a paz.

A dor tem saudade constante
Em troca de abrigo
Uma poesia, um gole,
Tortuoso, viril destino.

Não sei o que colocaram na água do filtro
Parvo, percebi minhas virgens
Todas rabiscadas de batom.

E nos olhos,
Olha,
Acrílico.

Todas tão minhas
Soltas nas perguntas
Em romper

(entoa um cântico
Entre os dedos).

E como explicar o grito da vida
Em meio tanto gemido,
Unhas afiadas em meu rosto
Todas abusivas

Largo
Atiro
Mato.

Hoje, meu deus,
Todas as meninas resolveram chorar
Em mim.

By Camila Passatuto

Nenhum comentário: