Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

sábado, 24 de outubro de 2009

Verdadeu

O dia mais abafado; gosto de tudo que não tenha a beleza realmente explícita, sem o sol e imaginando qualquer aparecer de necropsia para relatar um autoconhecimento. Gosto do que é bruto e sincero, se não houver sorrisos, melhor ainda, melhor se um risco marcar sua face e minha mão ser dia abafado de carinho.
Gosto de não dar conselhos, conselhos sempre são falsos, risos sempre acomodados em interesses. Gosto de cuspir sinceridade, fazer chorar e nascer realmente em felicidade. Ah! Como é bom ser nonsense, viver aqui como sempre, aqui em corpo, em mente... Só posso entrar, as chaves se perderam, entre pela janela como vândala e escorregue na simples palavra não dita. Gosto de tudo que não tenha o brilho inicial como maior destaque, me atiça alguma dor que me faz poeta, uma história que cative minha imaginação, um sofrer que vou curar com amor.
E tudo se abafa, quando companhia é palavra escrita. E tudo vai se repedindo, filme mal feito, reprise sonsa, mas vamos reinventando um novo roteiro para as mesmas cenas, e um novo fim para a mesma seqüência. Gosto de ser essencial, quem não pode oferecer que me mate antes de jogar quem escrever ao lixo, insuportável.
Gosto de não ser, morrer um pouquinho e esquecer-se de lembrar, imaginar. É, gosto de apenas não gostar dessas coisas bem feitas. Gosto de ser assim, verdadeiramente Eu.

By Camila Passatuto

14 comentários:

Wênderson Bessa disse...

gostei muito, adoro pessoas sinceras que falam apenas o que pensam de si e dos outros..

as vezes fingir que gostamos de algo ou de alguem por educação ou mesmopara agradar alguem pode até fazer bem para os outros más não para nós mesmos!

Fernanda disse...

Gostei, uma perfeita descrição. Adoro pessoas impulsivas como você parece ser. Pura emoção.

::mônica:: disse...

Texto lindo, vc consegue transmitir de forma mto clara o que pensa e sente.. é uma otima escritora! Parabéns =D

P.s: me identifiquei com teu perfil.. única coisa que muda é que sou publicitária formada hehehe!

O mundo de cada um disse...

Gostod e ser assim, verdadeiramente Eu, você vende o seu produto muito bem querida.

Marcelo Leite disse...

Disse Tudo.
Suas palavras inspiram qquer blogueiro.
Abraços

Luciano Silvestre disse...

Olá, Camila! Tudo bem?
Primeiramente parabéns pelo blog e pelos textos que posta aqui.
Em segundo, gostaria de lhe fazer um convite: gostaria de ser colaboradora do blog 'A Arte de Refletir'?

Aguardo seu contato.


Beijos,
Luciano Silvestre.

Deane disse...

"Gosto de não ser, morrer um pouquinho e esquecer-se de lembrar, imaginar..."

Gostei! Escreves bem!

Deni Maciel disse...

TEXTO REFLEXIVO.
ENVOLVENTE.
ADMIRAVEL
INTELIGENTE
GOSTEI.
O//
NÃO TENHO DISSERNIMENTO PRA AVALIAR MAS POR MIM JAH MERECIA UM PREMIO DE INCENTIVO A ESCREVER E DESENVOLVER IDÉIAS/HISTÓRIAS/CASOS....PARABENS;;SUCESSO E ESPERO VIR MAIS VEZES AKI.
ABRAÇO E BOM FDS.

Alexandre Melo disse...

bom d+ o blog

Mendy disse...

Gostei demais do texto Camila.
É isso mesmo! Seja você e não caia na tentação de tentar ser igual a todos, so por que é mais fácil ou cômodo.

rosascalidas disse...

Lindo demais!! Devemos mesmo ser o que somos. Pelo menos assim estaremos felizes. Sensação de liberdade, de permitir-se, de ser bom consigo mesmo.

Autenticidade é para poucos!

bjoo

caixapretasm disse...

Olá, tudo bem?
A Caixa Preta indicou seu blog para dois selos. Para conferir acesse o link abaixo:
http://caixapretasm.blogspot.com/2009/10/pseudo-selinho.html
Até mais!

meus instantes e momentos disse...

ótimo texto, parabens pelo blog.
Gostei daqui.
Maurizio

luiz scalercio disse...

bellissimo texto
gostei muito do
blog prbns vc merece .