Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

domingo, 4 de janeiro de 2015

Segundos

Tudo são veias em salto
Que recobrem o corpo
Ácido Alinho

Tudo são vidros esticados
Rasgados no golpe
Estilhaços de gente.

Essas são fases verdades
Acidentes em mim
Rouquidão urbana

Versos Semáforos.

Nada recolhe a forma.
Tombou a escada
Abusou o poder

Nada é caos que te molda.
Colosso em passos
Engendrou nossa festa

(Soca o espelho
Estrangula
Fecha o teu ser
Abre o que é).

Nossas histórias.
Urbanas veredas
Cá calço no ventre
Solidão ocidente

(Mera)

Rasteja por dentro,
Sorve.

Morte aparente
Não respeita
Não respira

Cala ao calar o poema.
Cala ao calar o poema?

Grita.

No final, meu amigo,

Tudo são seixos em salto
Glote rasgada
Óbito em cor
Marginal parada.


 By Camila Passatuto