Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

terça-feira, 18 de março de 2014

L.A.

Nosso amor, se nosso for,
Foi feito por Deus
Apenas para aperitivo

(E lembra?)

De tempo em tempo
Eu podia entornar
Teu verde em mim.

Crianças a descobrir

Tocamos as gramas,
As grades...

Inventamos a vida
De um tiro tão alto

Cada um pro seu lado.

(Converge)

Um tanto de essência
No querer
De repelir me ver.

.

Teu corpo maior
Meus olhos tristes
Tua pupila maior
Minh’alma triste.

E por outras vidas,
Nossa vida.

Sem preocupações.

Sempre
Um dia, eu sei,
Hora ou outra

Minha alma
Louca
Corre a tua

Por capricho
Do acaso
Minha boca tropeça a sua

E sem lacre
Te amo

E sem amor,
Ferino que sou,
Te solto
Na vida

Para o sabor
Cítrico
Escorrer
No ciclo
Dessa epopeia
Mal regida.

By Camila Passatuto


Um comentário:

Gabriel disse...

E também no embalo de um verso, falar de amor...

Gostei da fluidez das palavras deste poema, sincero.

Mas sabe o eu realmente gostei mais? Foi de saber que você ainda posta. Tive um dia de nostalgia e olhando postagens minhas de 2011, vi alguns comentários seus e resolvi vim dar uma olhadinha, e eis a surpresa! Ainda escreves! São essas pequenas surpresas que fazem a vida valer a pena =]

Depois de 3 anos, acho que voltei a rabiscar alguma coisa também,

Grande abraço ;)