Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Morte em Batalha


Estive muito perto e perto demais nunca mais
Talvez centímetros e escapes de sentimento,
Ninguém predispõe em minha emoção.
E lá furtei o que pude e pudera furtar.

Permaneci cara a cara com o oposto
Gosto ruim de falar tão rende
Tão frente.
Estive correto, apesar de coxo.

Das mortes recolhidas em campo,
Avoei de lembrar as ações.

E que santo por mim hoje?

Depois dos tiros ficamos um tanto pólvora.
Um ramo em meio a procissão...
Um pouco moço, um muito ancião.

By Camila Passatuto

sábado, 6 de outubro de 2012

Da loucura ordenada

Meus monstros transpõem a janela.
Por mais que fique, eu vou.

Nada me contém.
Jamais um entendimento
Das preces
Da loucura ordenada
Dos gritos
Do labirinto em que Deus me almejava.

Nada além.

Sua pele branca no reflexo
Irisava minha paz.
Era apenas uma bandeira,
Uma pátria a defender.

E nossos soldados
Caíam 
Sobre crianças que eram...
Hoje não mais.

Consunção a minha
Diante o profano
Do sagrado viver.

Teus monstros me controlavam
Meus ombros os carregavam
Na insana noite sem perdão
Das facas mal amoladas
E de utopia
Mal planejada.

By Camila Passatuto