Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

domingo, 8 de abril de 2012

Ao livro que te nasce sou título sem vírgula

(abre cortina violeta)

Agulhas de amanhecer
Filho, cuidado.
O despertar da vida
Dói e evapora rápido.

(cai o chão)

Ruas e asfaltos
As faltas que surgem.
Fumaças estupram
O melhor de nós, amor.

(nudez de si)

Já em lágrimas
Pobre criatura
Afoga seu querer
Em esperança de arte.

(canivete no fumo)

Por mais espalhar
Rico de palavras
Velho falha
Em Verso- Menino.

(reunião com os clássicos)

Comprimidos
Amassam seu explodir
E narrador em gole
Pausa tarde o por vir.

(fuga de espetáculo)

Agulhas de morrer
Em si, amigo...
Ensina e vai
Na tenra caminhada.

E eu aflito.

(silêncio de boca)

By Camila Passatuto

Um comentário:

Trish River disse...

Lábios de rosas, que de tão surpresos, sofrem ao engolir suas sinuosas emoções.

Poema encantador, moça...