Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

domingo, 24 de julho de 2011

Bang

Penso palavras luas
Escrevo palavras trevas.

Sinto pelamores e súplicas
Faço reza ao avesso e vejo.

Reviro os livros antigos,
Releio minhas utopias.

Poeta desde cedo
Agora literato com medo.

Preso ao dever de ser
Compram-me sonhos.

Não mais feliz, hoje
Escravo sem senhores.

Críticos cospem
Doces sabores.

Poema, sua poesia
não rima. (Dizem os porcos)

Calibro sentimentos
Um gole de relento.
...........................
Bang-Bang!
Na cabeça de poeta;
Pronto, poesia liberta.

By Camila Passatuto

4 comentários:

JasonJr. disse...

... :) ..

Ana Carolina Polo disse...

Gostei muito do seu poema, minha querida. Libertar a poesia do medo é torná-la ilimitada aos olhos de quem lê.

Lívia disse...

Que poeta!

O Tom da Retórica disse...

Parece feito pra mim...
Lindo, lindo...