Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Vida Poeta

Era um feto qualquer
Sem destino
Sem possibilidades
Aos traços
Traçou.

Levantou
Andou primeiro
Do que falou
Feto nulo de futuro.

Passa o tempo
Olhares
Desacreditados
Alma limpa e sonhadora
Sonha aos risos dos incrédulos em ti.

Sobe degrau de atenção
A cada fase
Uma vitória sem querer
Resultado
Das batalhas sangrentas
Vencidas em pleno ardor
Infantil.

Silêncio em grito
Papel geme baixinho
Queria salvar
Pessoas
Vidas sem cores
Poesias e amores.

Escreveu certa vez
Um verso
Que pedia aborto
De sua alma.

Lembrou quando ainda era feto
Pequeno e sem pensamento.

Olhou o verso
Viu-se estragado
Tinta
Formas
Aquilo era poesia?

Quem além lia?

Amassou-se ao papel
Feto por feto
Enrolado num canto de lixo
Ali embolado
Poeta de agora
Venceu o cansaço
Rimou o esperado.

Holofotes aos montes.

Chega de hoje
Chega de ontem.

Quis renovar sua obra
Um tiro
Sem queimar roupa
Varou
O varal das idéias.

E o fim chegou
Não tão tarde
Não tão cedo
Para vida breve
Atemporal de seu tempo.

By Camila Passatuto