Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Ode à Ode

Diga-me
Quais são minhas verdades
Não conheço uma, diga.

Verdade exterior existe.
A que mora em mim,
Duvido.

Choro só
Acho que não
Deve ser mais dó.

Necessidade
Palavra grande
Qual verdade a sua?

Diga, menina linda,
Será minha mentira?
Pura, serena, cativa.

Algum trocado
Esmolo garotos
Nada: é sua verdade.

Fico em dúvida
Não me sei
Quem me sabe?

Hoje sem trabalho
Amanhã em retalho
Depois me despacho.

Qual a verdade
Do mundo?
É a economia.

A verdade
Do povo
Deve ser esquizofrenia

A mentira
Do poeta
É sua ladainha.

Da musa
As pernas...
Essas verdades são minhas.

Diga-me
A real tristeza
A falsa nobreza

Calo-te
Sem moedas
E sem verdades...

Não te sei
Não me sabe

Acho que sou mentira
E tu és, supostamente,
Minha verdade.

By Camila Passatuto

Nenhum comentário: