Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

domingo, 7 de março de 2010

Amor

Onde está o amor em seus versos?

O amor não é para versos.
Ele é puro demais para colocá-lo aqui.

Amor não fica em papel,
Nem em paredes.

O meu amor está lá
No coração daquela menina.

O meu amor não é rabiscado em caderno,
Mas desenhado no corpo da minha pequena.

Meu amor não quer leitores,
Só os olhares encantados daquela que amo.

O meu amor não é para versos.
O meu amor é para sempre.


By Camila Passatuto

Obs.: Para o meu amor.

13 comentários:

Macaco Pipi disse...

O AMOR É TAO, TAO...

Allef Fatoreto disse...

Parabéns pelo seu blog
gostei muito das suas postagens!
estou te seguindo,e vou divulgar para meus amigos viu !
se puder retribua -me
bjão

Tathynha™ disse...

Parabéns pelo Blog!
bjos

Jessica Pagliai disse...

Lindooooo!!!

Parabéns...

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

· Dany Souza disse...

Lindo demais :)
Mesmo! Parabéens pelo blog
^^
Bjoos

Cantinho Secreto da Suzi... disse...

Ah que lindo *-* você tem muito talento parabens (:

ibere disse...

gostei da poesia, bastante lirismo e sinceridade... não sei se sou a pessoa mais indicada pra saber se voce tem talento, mas posso dizer qeu gostei e lembrei de momentos que eu mesmo tive ! alem disso tua poesia é leve... parabens
Ibere

Tatiana disse...

O amor está no ar...
Sua poesia é simples, mas encantadora.
O amor não pode ser aprisionado em um papel. Quando não o tem dentro de si , ali ele não está. E quando o têm no seu interior, ele é libertado pelos olhos que viajam nas linhas.

Fernando Madeira disse...

É isso ae Camila!!!
Parabéns pelo blog, e continue sempre escrevendo!

Até a próxima!!!

Moniky disse...

Ual! Lindo mesmo. Ótimo blog. O texto pareceu bem sincero. Parabéns mesmo!


Se poder, E QUISER, passa no meu e comenta:
http://ultimamentira.blogspot.com/
Ficarei Grata!

Murilo(humor e contos) disse...

aa] o amor
maravilhosamente lindo
parabéns

http://humorecontos.blogspot.com/
beijo

pega ai! disse...

poesia linda ^^

achei bem legal seu blog ñ deiche de escrever

deiche um cmentario lá no meu ^^

http://qrirpegaai.blogspot.com/

http://adietasedicas.blogspot.com/

ja estou seguindo abç...

W disse...

Abordagem criativa. Fojo bem do clichê q o tema inicialmente conduz.

Parabéns!!