Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

La Paix II

As peles estão caindo e os meninos choram tanto.
Tem papel valioso no linho de seus pés, tem sim.
Tem comida de sobra nos olhos de quem tem fome.
A dor não é culpa minha, não é sua, de quem é?

Os calos estão sangrando e você sorri com a faixa,
Existe uma dúvida no frio lamentar de cada homem.
Existe uma desapropriação de sentimentos, alterna.
Os discursos vão ficando vazios, morrendo, morrendo...

E minha boca vai ser calada com grampos de ouro,
Seu sonho desfeito com sinceridade de outro povo.
Seu poder sangrando e você sorri, morrendo, morrendo...
E meu sangue vai correr mais puro, mais liberto, puro...

As peles estão caindo e os meninos choram tanto, Veja.
Tem comida de sobra nos olhos de quem tem fome, Veja.
Existe uma dúvida. Frio lamentar de cada homem, Veja.
E no fim nosso sangue vai correr mais puro e mais liberto (...)

E no final não irá existir quem você altera,
Apenas a verdade do que é.
E no final a dor vai ser culpa minha...
A sua dor, Veja...

By Camila Passatuto