Biografia da Autora

Camila Passatuto nasceu em 1988, na cidade de São Paulo. Autora do livro "TW: Para ler com a cabeça entre o poste e a calçada" (Editora Penalux, 2017). Escreve desde os 11 anos e começou atuar nos meios digitais, com blogs e participações em revistas digitais, em 2007. Alguns trabalhos e participações: 2010, e-book “Apenas o Necessário”, co-autora da Antologia de micro contos reunidos pela Poesis, em parceria com a ETC Bienal, Fundação Volkswagen e Governo do Estado de São Paulo; 2012, Antologia “Nossa história, nossos autores (Editora Scortecci); 2013, escritora exposta na mostra de Twiteratura no Sesc Santo Amaro.

sábado, 8 de novembro de 2008

Mais uma de Saudade (Parte II)

Alguns passos e estaríamos do outro lado da ponte, a chuva, sem timidez, era cúmplice de tudo aquilo. Você atrasava os minutos, eu fugia em pensamentos e incutia em nós alguma esperança. A saudade iria nos engolir se por acaso eu traísse nosso momento, com você só a fuga, nada fugaz.
Ainda sentia seus lábios se arrastando sobre os meus, minhas mãos dominando seus movimentos. O mundo girava em anti-horário e não pude notar, seu olhar consumia toda minha atenção.
Algum sentimento divino retirava meus pés do chão quando ouvia seus dizeres de amor, o coração batia em ritmo acelerado e a alegria tomava conta do momento.
Mais alguns passos e estaríamos do outro lado da ponte, a chuva deixava mais romântica a minha dor, ao pensar que poderia soltar sua mão e assim desconhecer o calor, os passos não se cumpriam...
Levando-me ao ponto mais alto de sua montanha mais íngreme, você atrasava o mundo, sem se importar com ninguém, me colocou diante de sua beleza e me cedeu teu amor de forma tão divina que os deuses do Olimpo deixavam jorrar seu gozo por entre as nuvens.
O mundo naquele momento recebia dos céus o nosso amor, eu apenas me agarrava a você como uma criança aflita e carente de tudo que o universo me roubou.
Adormeci, sonhei, procurei em sonhos Dante, ele me levaria a você, pois já sabia o caminho...mas ele ignorava o meu medo e fugia para dentro de sua própria ilusão. Acordei e ao meu lado desfalecia a minha garota, sorri e alguns passos me separavam da porta, e alguns metros me separavam da carência, e alguns quilometros me aproximavam de mais uma...mais uma escrita...mais uma de saudade.





By Camila Passatuto




Bloqueando a seleção de texto em um site



Nenhum comentário: